Curso de tabla - Introdução e conceitos

07-01-2017 14:00

"Existem dois sistemas musicais na Índia, o do norte denominado Hindustani Sangit, e o do Sul Carnatic Sangit. As tabla estão associadas ao do Norte.
Há dois aspectos na música indiana, o melódico denominado "rag" e o rítmico denominado "tal". Ambos o melódico e o rítmico são fundamentais para construir música.
O "rag" é semelhante ao flamenco, com a diferença que não existem escalas maiores ou menores, existe um emaranhado de escalas que necessitam de muito estudo para o seu... entendimento.
A palavra "tal" significa "palmas", no ocidente utilizamos o movimento da batuta para marcar a cadência do tempo, na India utiliza-se as palmas e o acenar da mão para marcar o tempo.
A música tem um papel fundamental na cultura indiana. É uma arte em constante evolução mas nos últimos 2000 anos faz parte de um sistema tradicional inquebrável. Evolutivo mas inquebrável. Este facto deve-se à tradição de ensinamento de Mestre a Discípulo, denominado em sânscrito guru-shishya-parampara*."
Júlio Da Silva, Tabla - Introdução.

Estrutura do Curso de dia 7 de Janeiro:

1) Introdução
2) História
3) As Tabla
4) A importância de aprender com um Mestre
5) Posicionamento para a prática
6) Prática

No curso de dia 7 de Janeiro, e nas aulas que iremos realizar durante os meses seguintes, serão desenvolvidos e trabalhados os vários exercícios práticos de iniciação às tabla, dos mais básicos Ka, Naa, Ga, Taa, Dhaa, para outros como Tintal, Jhaptal, Dipchandi, Rupak Tal, nos mais variados Matras. Mas como em tudo a base é fundamental, e antes de avançar há que dominar a base ao longo das aulas. Na Índia as aulas têm uma duração de várias horas por dia, muitas vezes a fazer apenas um Ka, repetindo até à exaustão, porque é de malhar horas a fio no ferro que o ferreiro forja uma bela espada.